• Beth Maciel

Apresentações eficientes a distância

Atualizado: Jan 21

A pandemia chegou para nos mostrar que o modelo remoto de trabalho veio pra ficar. Para muitos, a mudança foi radical - de repente, todas as atividades presenciais tiveram que se adaptar de alguma forma ao on-line. Para a grande maioria, não houve tempo de treinamento ou capacitação, e as apresentações (que já utilizavam de tecnologia para exibição) também tiveram que se adaptar, pois precisavam ser tão eficazes quanto uma apresentação presencial.

Além da redução de custos, muitas outras vantagens tem uma videoconferência, como, por exemplo, poder reunir, rapidamente, pessoas de diferentes partes do mundo.


Mas, assim como nas apresentações presenciais, devemos tomar alguns cuidados no momento da criação desse “novo modelo” de PPT, garantindo que o público irá prestar atenção e acompanhar (de verdade) suas palavras e conteúdo.



1. Não construa slides cheios de texto

Slides com texto corrido tendem a fazer com que a apresentação fique confusa. Se o apresentador simplesmente ler os slides o público desconecta. Use frases bem curtas ou apenas itens e os explique oralmente.



2. Utilize imagens de qualidade e ícones para exibir informações

Intercale sempre slides com texto e muita informação ou dados com slides mais limpos e com uma imagem em tela cheia, por exemplo. Use vídeos curtos, diagramas, ícones, etc. Se o slide tem alguma informação mais complexa, vale a pena apontar com o mouse para o trecho do slide sobre o qual você está falando, assim, quem estiver meio "perdido" poderá se achar.



3. Confira se o conteúdo está legível na tela (pense mobile)

O público poderá assistir em um monitor com resolução menor que a sua e, muitas vezes, um telefone celular com tela pequena. Use um tamanho confortável de fonte, o maior possível. De preferência, entre 20 a 28 para o texto e entre 32 a 46 para os títulos.



4. Faça testes no ambiente

Assim que concluir o conteúdo da apresentação, teste a exibição no seu computador para outras pessoas. Simule a reunião real, na plataforma on-line que será realizada, teste áudio, imagem, som, transmissão de vídeo... Pense em uma outra forma de exibição (plano B), para ter uma segunda opção caso haja algum problema de tecnologia.



5. Aproxime-se do seu público

Caso tenha a possibilidade, interaja com as pessoas, chame-as pelo nome, principalmente se a câmera estiver fechada. Nesse caso você não consegue perceber através dos gestos ou posição corporal como aquela pessoa está se comportando. Se for uma aula por exemplo, faça testes ou quiz online, isso vai despertar a atenção daquele aluno disperso.



E aí? Suas apresentações a distância vão ganhar um gás depois dessa?

Para mais dicas, acompanhe no instagram nosso perfil @sejoganoppt


Até a próxima!


22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo